sexta-feira, 20 de outubro de 2017

                                                             Agita Mange 2017    
        Desde de 2014 aqui no Roberto Mange todas as salas fazem o Agita Mange, um projeto para estimular a boa convivência de toda a escola.
       Neste ano o tema: #PAZ NO MANGE – RESPEITO ÀS DIFERENÇAS. As equipes foram montadas da seguinte forma: foram sorteadas em todas as turmas, os 1º 2º 3º e 6º de manhã e 4º 5º 7º 8º e 9º  à tarde alguns alunos para cada equipe, foram 8 por período, representadas pelas cores preto, roxo, verde, azul, laranja, vermelho, amarelo e rosa. O evento foi dividido em 4 etapas.
Na primeira, dia 31/08/17, após o sorteio, os alunos foram para suas equipes e criaram os seus hinos suas bandeiras  seus mascotes e seus gritos  de  guerra.
  A segunda etapa foi dia  20/09/2017, com as equipes   finalizando as bandeiras, hinos, gritos de guerra, mascote e camisetas. Muitas  das equipes conseguiram finalizar grande parte dos desafios que a escola propôs. Todos partiram com a mesma pontuação, conforme as tarefas não foram cumpridas pontos foram tirados. Depois pontos foram ganhos nas competições.
Na terceira etapa, 28/09, tivemos Muitas atividades esportivas, culturais e artísticas acontecendo ao mesmo  tempo, em toda a escola, envolvendo todos os alunos. Nesse dia foi a vez de terminar bandeiras, mascotes, hinos, estratégias de torcidas...
E... começaram os jogos!!!
Português e Inglês no SOLETRANDO, trabalho em equipe com o VOLEIÇOL e FUTEBOL.
A 4ª etapa foi dias 16,17 e 18 /10 .
   No dia 16/10 todas as equipes apresentam as bandeiras, hinos, mascotes e gritos de guerra junto com os primeiros jogos futebol de três pernas masculino e voleiçol. As apresentações valeram pontos para as equipes.
No dia 17/10  teve o segundo dia do Agita Mange com o pessoal jogando queimada e rouba bandeira e participando da “caça ao tesouro” e do “qual é a música”
No dia 18/10 terminamos esta etapa do Agita Mange com as finais dos jogos e projetos para melhoria da escola pela manhã e reflexão sobre o significado do Agita Mange e show de talentos com as equipes ‘Amarelo, Preto, Rosa, Laranja, Azul, Verde e Roxo’ apresentando-se para toda a escola e no dia 23/10 tem mais.
Dia 23/10 teremos a cerimônia de encerramento e o anúncio dos das equipes vencedoras da manhã e da tarde. Estamos ansiosos!



quarta-feira, 4 de outubro de 2017

A Imprensa Jovem EMEF Prof. Roberto Mange foi para o CÉU Uirapuru e fez uma entrevista com o Roger, um professor de uma das mesas da conferência do FOCA o fórum da criança e do adolescente

https://youtu.be/HY-7QtUmcAc

terça-feira, 3 de outubro de 2017


Entrevista da Imprensa Jovem com o Professor Francisco Eduardo Bodião mais conhecido como chicão. Na 17º conferência do FOCA 2017


Entrevista da Imprensa Jovem com o professor Rafael Alexandre. Conversa de um dos temas de que foi escolhidos para ser falado no FOCA 2017.


Link do youtube:https://youtu.be/jO4IHawGNl4 

sábado, 30 de setembro de 2017

CONFERÊNCIA DO F.O.C.A. (FÓRUM DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE)

No dia 27 setembro, alunos representantes do Roberto Mange foram para a Conferência do FOCA o (Fórum da Criança e do Adolescente). Inclusive a Imprensa jovem que estava lá para conferir e fazer a cobertura do evento.
Conversamos com os organizadores do FOCA e descobrimos muitas coisas sobre o FOCA. 
Esta é 17º temporada. Francisco Eduardo Bodião falou conosco que o FOCA trata de questões sobre a criança e o adolescente, mas por eles mesmos.
Esse é um espaço em que nós podemos discutir questões que afetam nossas vidas de uma forma ou de outra. Exemplo: sabemos que  é muito errado bater em uma criança e mesmo assim muito pais, mães e adultos ainda maltratam esses meninos e meninas.
 Por esses motivos foi criado o FOCA. Desde ano 2000 o FOCA protege as crianças e adolescentes, com os seguintes eixos temáticos:
 Redução da Maioridade Penal
2º  Escola Integral x Novo Ensino Médio
3º  Abuso e Violência Sexual
4º  Bullying e Cyberbullying









5º  Top 10
6º  Direito  ao  lazer
7º  Escolas democráticas – grêmios estudantis 
8º  Passe livre o direito de andar pela cidade
9º  Álcool e drogas na adolescência
10º Suicídio e automutilação na adolescência
Esses eixos são discutidos, feitas propostas e encaminhadas para o Fórum Municipal onde as crianças e adolescentes eleitas delegadas aqui, farão outros encaminhamentos.
É nossa voz que precisa ser ouvida... Esse é o espaço!!!

Por Vitor Alves


ESTUDANTE E CURRÍCULO

Estudante tem voz!!!

Em 31/05/2017, recebemos Carlos Lima - Coordenador da Imprensa Jovem/SME aqui na nossa escola para um bate papo com Imprensa Jovem do Roberto Mange e outros alunos da escola sobre o que deve ter a escola para aprendermos melhor. 

Ouviu os alunos e pudemos dizer o que pensamos!!!
Esperamos que outros nos ouçam também!!!







TEATRO DA SUSTENTABILIDADE

Dia de aprender a cuidar da VIDA.
Sem a natureza nada existe. Temos que aprender a jogar o lixo no lixo, a cuidar da água, fonte da vida, cuidar de nossa quebrada, cuidar de nossa escola, cuidar de nós mesmos.

Ou, onde viveremos, o que comeremos, onde iremos buscar água para beber???
É só o começo! PENSE NISSO!!!



Carimbó - Identidades na Festa Junina

O Carimbó é um ritmo musical amazônico e também é uma dança de roda de origem indígena, típica da região litorânea do estado do Pará. Aos poucos foi mesclada à cultura africana, com a assimilação das percussões dos negros e a elementos de Portugal, como o estalar dos dedos e as palma.
Apresentação dos 4º anos na Festa Junina da EMEF Prof. Roberto Mange com tema Identidades.
Musica: Dança do Carimbó - Pinduca

CARNAVAL DAS DIFERENÇAS

VIVA A DIFERENÇA!!!
Os alunos e alunas da EMEF Profº Roberto Mange faz um CARNAVAL CONTRA TODO TIPO DE PRECONCEITO!

 

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

AGITA MANGE - 2017

COMEÇOU O EVENTO MAIS ESPERADO DA ESCOLA 
Nessa quinta feira, dia 31/08/17 foi o primeiro do AGITA MANGE com o tema: #PAZ NO MANGE – RESPEITO ÀS DIFERENÇAS
Depois da conversa na sala com alunos, fizemos um sorteio de cores para a montagem das equipes (roxo, verde, azul, laranja, vermelho, amarelo e rosa).
E esse ano as equipes foram sorteadas em todas as sala inclusive os 1º 2º 3º 4º 5º misturados com 6º 7º 8º e 9º(cada um em seu período escolar normal). Depois os alunos foram para sua equipe e criaram suas bandeiras e seus hinos.
QUE VENHA O DIA 12/09!!! – Segundo dia do AGITA MANGE
BOA SORTE A TODOS OS PARTICIPANTES!





NOSSAS IDENTIDADES NA FESTA JUNINA


BATALHA DE RAP NO MANGE



A batalha de rap estava muito legal! Participaram os alunos dos  7º anos e dos 9º anos.
falaram sobre o próprio rap  e mandaram bem na rima como o Marcelo, Amanda, Larissa e Rebeca  o Rapper Daniel Garnet  e a galera da Batalha Central.  O improviso começou quando Daniel Garnet pediu para que o pessoal levantasse algumas coisas ou objetos como relógio, caderno e qualquer coisa que se quisesse…
Esperamos outras batalhas!!!.

Galera que manda bem na rima e no improviso!!! PARABÉNNNNNNNNNNNNNNS







sexta-feira, 30 de junho de 2017

Festa Junina 2017 - Identidade (Jorge Aragão)


Jorge Aragão, na musica Identidade, revela a questão da convicção de que você tem em sua raiz familiar influências de culturas riquíssimas AFRICANAS, que já influenciaram de um todo ao redor do mundo, sobre tudo o Brasil.

Apresentação dos 3º anos B e D na Festa Junina da EMEF Prof. Roberto Mange com tema Identidades .


Musica: Identidade - Jorge Aragão





quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

De uma simples ideia a um grande negócio

Empreender com sucesso é o novo desafio do brasileiro. Há 10 anos no Brasil a Campus Party, que é o maior evento de tecnologia da América Latina, traz os desafios para quem quer empreender, ou seja, tirar a ideia do papel e transforma-la em um negócio de sucesso.
10ª edição da Campus Party Brasil (#CPBR10), empreender: o desafio da década.
Sabe aquela ideia que aparece, mas que você pensa que é absurda, que ninguém vai se importar?

Será???

Pensando nisso a CPBR10 trouxe no palco empreendedorismo, a palestra “Bad cop, good cop” – Como as startups veem os feedbacks de mentores e anjos.

No debate Rosi Rodrigues que é líder de crescimento de uma startup, buscou fomentar a ideia de investir nas ideias. Parece redundante, mas toda ideia é boa, em algum tempo, em algum espaço, para alguma pessoa, comunidade. Não se pode menosprezar nenhuma delas.

Cada ideia busca, de algum modo, resolver um problema que está posto ou aquele que alguém já pensou na frente, antecipando-se a ele.

É assim que surge um empreendedor. Uma ideia pode virar um grande negócio.

No entanto Rosi faz um alerta: “O grande risco do empreendedor é achar que aquela hipótese, que ainda está na sua cabeça já dá sucesso e que o negócio se vende por si só. Nunca!”. Ou seja, tem que aprimora-la.

Para isso existe a mentoria que orienta os empreendedores a tirar sua ideia do papel e transforma-las em negócios de sucesso.

Ela ressalva ainda um cuidado que deve ser tomado “é em saber distinguir uma crítica construtiva de uma não construtiva, para que uma boa ideia não acabe sendo guardada na gaveta”.

A Campus é isso espaço que as ideias são fomentadas em todos os instantes. Cada cantinho dessa enorme feira de tecnologia tem uma ideia sendo mostrada, seja para chamar a atenção para si ou para apresentar o seu produto, aquele que surgiu de uma pequena ideia.

Nessa 10ª edição, a Campus Party inovou com uma arena só de startups. Nesse espaço, as ideias dos pequenos empreendedores são mostradas. Ideias de todos os tipos que viraram protótipos que visam resolver algum problema real, social.

É social a ideia do aluno Raone Guedes Souza Cruz, da UNICAMP do projeto Team 
Manager. Com o protótipo Ecocar, que busca reduzir os índices de poluentes, já que é movido a eletricidade e feito de fibra de carbono e plástico.
“Nosso carro tem um motor boxer dc que reduz perda por atrito e assim o carro tem maior vida útil”.

É real a ideia de Aluisio de Paula, da Econtexto que em meio a crise econômica encontrou um nicho no mercado trabalhando com produtos promocionais ecológicos, como camisetas feitas de garrafas PET.

E muitas outras ideias estão espalhadas na arena #CPBR10, até mesmo um simples App de carona solidária, que busca a diminuição dos automóveis nas vias da cidade. Uma ideia que vai ao encontro das anteriores buscando resolver o problema da poluição.